Romances de época

Os números do amor – Sarah MacLean

Dica de número 1 é uma série sobre romances de época, da autora Sarah MacLean, Os números do amor.
A primeira vez que li algo da Sarah foi o livro Cilada para um Marquês, onde logo me apaixonei pela escrita e fui procurar saber mais sobre outros livros da autora e para minha surpresa, é que existem séries com livros que podem ser lidos independentes, mas são entrelaçados. Como não gosto de spoiler, comecei pela primeira série, uma trilogia com o primeiro livro sendo: ” Nove regras a ignorar antes de se apaixonar. “, seguido por, ” Dez formas de fazer um coração se derreter. ” e o último da trilogia, ” Onze leis a cumprir na hora de seduzir.

nove regras

Livro 1 – Nove regras a ignorar antes de se apaixonar.

Dentre os três livros dessa série, esse foi o meu favorito.
Começando com Lady Calpúrnia, conhecida pelos íntimos como Callie, que após muito tempo como uma solteirona, resolve quebrar as regras impostas pela sociedade (ainda que às escondidas) e cria uma lista das coisas que mais tem vontade de fazer e não é aceito para Ladies na sociedade inglesa. E o primeiro item dessa lista é: Ser beijada… Apaixonadamente. E Callie já possui um certo Marquês de Ralston em mente, mas apenas em mente, por mais de 10 anos para concluir esse primeiro item, Gabriel St. John.
O início dessa lista, além de ser riscada por Lady Calpúrnia, ajuda diretamente Gabriel, pois sua meia irmã, Juliana Fiori, uma italiana de sangue quente, acaba de chegar e precisa aprender os modos e costumes ingleses. E quem mais poderia ensinar tais modos, a não ser a corretíssima Callie? Para isso eles selam um acordo bem promissor e quente.
O que posso dizer sobre o livro é que superou em muito minhas expectativas, para um romance de época, onde Callie apesar de ter uma reputação admirável e correta demais, possui sonhos muito mais altos. Ela é determinada, corajosa, incrivelmente doce e sensível em meio a tantas adversidades, uma verdadeira imperatriz.
E quanto a Gabriel? Ele acompanha de perto essas pequenas aventuras da Lady e mal percebe que vai entrar numa aventura maior ainda, a de se apaixonar.

O nome do livro em inglês é: Nine rules to break when romancing a Rake.
Nove regras a quebrar quando apaixonada por um Libertino

Nota 5/5

– “Longe de mim negar uma aventura.”

Livro 2 – Dez formas de fazer um coração se derreter.

Dez formas de fazer um coração se derreter é o segundo livro da série Os números do amor, onde conta a história do irmão gêmeo do Marquês de Ralston (Livro I), Lord Nicholas St. John, que após a revista da época sobre fofocas e escândalos da cidade, considera Nick um ótimo partido para casar com alguma Lady, porém Nick não pensa em casamento num futuro tão próximo, então quando o Duque de Leighton o procura para que Nick aceite a missão de achar Lady Georgiana, irmã do Duque, Nick prontamente o aceita.

Assim que parte em direção a uma aldeia em Dunscroft, interior inglês, encontra a última pista sobre o paradeiro de Georgiana e onde também irá encontrar sua próxima aventura.

Lady Isabel Townsend, irmã do conde Reddich, James de apenas 10 anos de idade, a se ver sem renda para sustentar a casa, pois órfã de pai e mãe e um pai que quando vivo não possuia amarras com família e muito menos um vínculo de amor e responsabilidade com os filhos, os deixou sozinhos por tanto tempo que apenas apareciam os cobradores de dívidas e apostas que o pai tinha feito nas cidades. Logo Isabel se vê em apuros quanto a manter a casa e prover a educação que um jovem Conde deve ter.

Lendo a sinopse do livro, pode parecer que Isabel vai querer entrar em um casamento rico, como solução para os problemas, mas casamento é a última da última opção, pois não apenas possui responsabilidade com a casa, como possui responsabilidades com uma sociedade secreta. Então Isabel começa a procurar por um antiquário, especialista em antiguidades, para vender sua coleção de estátuas em mármore e justo quem acaba de chegar à cidadezinha e também é um antiquário? Exatamente quem Isabel precisa, Nicholas St. John.

Isabel e Nicholas são de personalidades fortes e cada um com histórias e segredos que poderiam ser contadas por dias sem interrupção, mas mal sabem eles que se completam de diversas formas, Isabel é uma mulher forte, dona de um coração do tamanho do mundo para receber qualquer mulher que esteja em problemas para dentro de sua casa e Nick precisa de alguém exatamente como ela, destemida.

Gostei muito desse livro e ele foi o segundo que mais gostei da série, nada é o que parece ser e Isabel por possuir muitas responsabilidades nos ombros por tanto tempo, demora a perceber que pode contar com Nicholas, tanto para dividir os problemas quanto para entregar-lhe o coração. E Nicholas um verdadeiro cavalheiro de armadura, está pronto para defender e amar com todo o coração.

Nota 4,5/5

-“Você é exatamente o tipo de mulher que ele precisa.”

Livro 3 – Onze leis a cumprir na hora de seduzir.

Juliana Fiori, meia irmã por parte de mãe do Marquês de Ralston, Gabriel St. John e seu gêmeo Nicholas St. John, é um escândalo ambulante e apesar de sua mãe a ter abandonado e ter sido criada pelo pai, um comerciante na Itália, longe de todo costume e regras dos ingleses, Juliana não é mais que uma jovem curiosa e com uma personalidade muito forte sobre o que é certo e errado para si, mesmo que não seja um comportamento aceito entre os ingleses.

O medo de Juliana é se tornar a mãe, uma ex Marquesa que abandonou o marido com dois filhos pequenos e um tempo depois o fez  com o pai de Juliana, uma mulher egoísta e interesseira e sem amor com ninguém mais, além de si mesma.

Ou seja, Juliana é tudo que o Duque de Leigthon não deveria se aproximar, pois tudo que mais se presa ao Duque é a reputação, mas não sei se vocês lembram, Simon Pearson, o Duque, possui uma irmã chamada Georgiana que já apareceu no livro II da série, e ela está prestes a se tornar o maior escândalo dos os ingleses. Simon, para abrandar as fofocas e julgamentos deve unir forças com alguma família de títulos importantes, então decide se casar com Penélope, filha de um duplo Marquês, apenas para tirar o foco de Georgiana.

Simon só não contava com o pecado para sua sanidade, Juliana. Eles entram em um desafio para provar se a reputação é mais importante que a paixão, e tudo isso enquanto Juliana se mete em confusões e é salva por Simon que está a dias de anunciar o noivado.

Dos três livros, esse foi o que achei a mocinha menos decidida e mais irresponsável, mas consegui desenvolver uma empatia com Juliana ao pensar numa jovem Italiana de sangue quente numa cidade onde todos são “cobras”, muitas vezes tive vontade de dar um abraço nela e dizer: Vai passar, linda.

 Juliana é a que mais deve ser forte, mas será que Simon vai deixar sua arrogância de lado e aceitar que nem tudo pode ser controlado? Ou quando atingido, não vai perceber o que o atingiu?

Nota 3,5/5

– ” Isso não acabou, Juliana.”

-” Acabou sim.”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s